Logo PARAÍBA.com.br

30 de August de 2014


Polícia registra três homicídios; Dois no bairro São José

08/09/2010 | 06h32min

Paulo Cosme

Três pessoas foram assassinadas a tiros durante a noite de terça-feira (7) e madrugada de quarta-feira (8), na grande João Pessoa. Umas vítimas foi um ex-presidiário que foi executado com 15 disparos dentro de sua residência no conjunto Marcos Moura, em Santa Rita. Dos três assassinatos, dois aconteceram no Bairro São José, em João Pessoa.
 
De acordo com a polícia, por volta das 22 horas Franklin Vitor França, 33 anos, que estava trabalhando vendendo algodão doce, se encontrava dentro de casa com a esposa e os filhos quando quatro homens invadiram a residência. Os bandidos mandaram a família do ex-presidiário ficar de costas e logo em seguida passaram a atirar contra ele.

Ele foi atingido com cerca de 15 tiros e morreu dentro de casa. A esposa dele contou que ele passou o dia bebendo e quando chegou em casa disse que tinha se metido numa confusão com três homens.  Para a polícia, essa briga por ter sido o motivo do crime.

O outro assassinato aconteceu quase no mesmo horário desta vez no bairro São José, em João Pessoa. Segundo informações da polícia, o marceneiro Ialy da Silva, 29 anos  estava uma moto Fan  na Rua do Rio quando foi alvejado com quatro disparos. Dois tiros pegaram na boca e outros dois nas costas do rapaz que morreu na hora. Durante as investigações, a polícia ficou sabendo que há cerca de 15 dias ele agrediu um homem com um tapa no rosto e isso pode ter sido o motivo do crime.

O terceiro assassinato aconteceu por volta de 01h30 da madrugada desta quarta-feira (8) também no bairro São José, em João Pessoa. De acordo com a polícia, o presidiário do regime semiaberto Sandoval Ferreira, 28 anos, caminhava pela Rua do Rio quando foi alvejado pelos disparos.  A polícia desconhece os autores do crime, mas pelo fato dele ser está cumprindo pela por homicídio a suspeita de que  rapaz foi vítima de um “acerto de contas”.