X
Dólar
Euro
Thu Jan 24 07:37:11 BRT 2019

Política

Processo contra Roberto Cavalcanti esvazia prateleiras do STF e desce para a Justiça Federal da PB

2011-02-10 18:13:00.0

Sem mandato, o ex-senador Roberto Cavalcanti vai ver o processo do qual responde descer do Supremo Tribunal Federal (STF) para a Justiça Federal da Paraíba, em decorrência da perda do foro privilegiado. Cavalcanti é processado por corrupção numa ação que tramita desde 2004 pelos crimes de corrupção ativa, estelionato, formação de quadrilha, uso de documento falsos e crimes contra a paz pública.

O processo contra o empresário Roberto Cavalcanti, proprietário do Sistema Correio de Comunicação, subiu para o STF em fevereiro de 2009. Foi neste ano que ele assumiu uma cadeira no Senado da República, substituindo a José Maranhão (PMDB) que tinha conquistado o governo do Estado, depois da cassação do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Cavalcanti passou quase dois anos no mandato, inclusive decidiu não disputar a reeleição. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal por ser um dos diretores da Indústria e Comércio de Matérias Plásticos (Polyutil). As duas empresas, segundo denúncia do MPF, deixaram de pagar um financiamento na ordem de R$ 18,8 milhões junto à Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Os procuradores da República disseram que o esquema foi feito por meio de operações fraudulentas realizadas por uma quadrilha de ex-servidores da Procuradoria da Fazenda Nacional (PNF). O caso de Roberto Cavalcanti se assemelha ao também do ex-senador Efraim Morais (DEM), que responde processo por causa da polêmica contratação de servidores fantasmas durante o período em que passou no cargo de primeiro-secretário do Senado.


Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.