Logo PARAÍBA.com.br

21 de October de 2014


Agências do Banco do Brasil pagarão alvarás judiciais na grande João Pessoa

11/02/2011 | 11h48min

A partir da próxima segunda-feira (14) todas as agências do Banco do Brasil (BB) da grande João Pessoa (João Pessoa, Santa Rita, Cabedelo e Bayeux) estarão habilitadas a realizarem o pagamento de alvarás judiciais, que atualmente é feito apenas num posto de atendimento do BB, localizado no Fórum Cível da Capital.

Como o número de funcionários do posto é pequeno e a infra-estrutura local deficitária, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB), Odon Bezerra, vinha fazendo gestões junto ao BB, desde o ano passado, solicitando melhorias no atendimento, até que está semana recebeu do gerente administrativo da Superintendência do BB, Francisco Alves, a notícia de que o Banco irá oferecer o serviço, a partir de segunda, em todas as agências da grande João Pessoa.

Nesta quinta-feira (10), toda a Diretoria da OAB-PB visitou a Superintendência do BB para acertar os últimos detalhes da parceria. No encontro, o presidente Odon Bezerra destacou que a medida do Banco representa “um passo gigantesco para advocacia, pois são inúmeras reclamações dos advogados com relação à demora no atendimento e pagamento dos alvarás”.

“A comunidade do mundo jurídico agradece ao Banco do Brasil por esta ação, pois os transtornos para todos os advogados com a demora no atendimento e pagamento dos alvarás são enormes. Para se ter uma idéia dos problemas, muitos advogados ficam mais de três horas na fila para serem atendidos no posto do Fórum Cível e essa realidade agora certamente mudará com a ampliação do atendimento”, afirmou.

Já o gerente administrativo do BB, Francisco Alves, destacou que o “compromisso do Banco é sempre de buscar a melhoria no atendimento e a satisfação dos clientes”. “A partir de segunda nós teremos um atendimento diferenciado para advogados e jurisdicionados em nossa rede”, completou.

O vice-presidente da OAB-PB, Bruno Veloso, também solicitou a descentralização do serviço em Campina Grande.

Além da questão do pagamento dos alvarás, os diretores das duas instituições também discutiram possíveis parcerias, a exemplo de empréstimos para os advogados estruturarem seus escritórios. “Com os empréstimos o advogado pode equipar, modernizar seus escritórios e o jovem advogado se incorporar ao mercado de trabalho”, comentou Odon Bezerra.

Também participaram da reunião o secretário geral da OAB-PB, Marcos Caju, a secretaria geral adjunta, Ivan Kurisu, o tesoureiro interino, Antônio Gabínio, e o presidente da Comissão de Prerrogativas, Jeferson Fernandes.

Assessoria