Logo PARAÍBA.com.br


Popular fotografa Ovni na cidade de Piancó no Sertão da PB

2011-04-12 09:13:00.0

Um Objeto Voador Não Identificado (OVNI) foi visto no céu de Piancó na primeira semana deste mês. O fato foi registrado pelo fotógrafo Monzette Loureiro. De acordo com Loureiro, era por volta de 9h00h quando dois objetos distantes se movimentavam lentamente.

Somente dois dias depois ele resolveu ampliar as imagens e ficou impressionado com o que viu, assim que passou as imagens para o computador ficou perplexo, pois os objetos pareciam uma espécie de bola de cor prata, que quando ampliada no zoom do computador lhe chamou a atenção os detalhes da mesma.

Analisando a distância e altura, de três a cinco quilômetros da cidade, concluiu que o objeto devia ter aproximadamente entre 30 a 100 metros de diâmetro.

Loureiro disse que mostrou as imagens primeiramente para seu irmão de 17 anos, o adolescente a principio não deu muita atenção, mais ao ver as imagens não teve dúvidas que se tratava de algo jamais visto em nossa região.

Uma família que reside no Sítio Tatu, também em Piancó, disse também ter visto uma bola luminosa não identificada cruzando o céu naquele mesmo dia.

Relatos antigos
De tanto os OVNIs cruzarem o céu da Paraíba, a Assembléia Legislativa do Estado realizou uma sessão para discutir essas aparições. A sessão, segundo o ufologista Gilberto Melo foi inédita no país por conta das frequentes aparições dos Objetos Voadores não identificados e foi realizada no dia 29 de abril de 1996. Na ocasião se discutiu as aparições desses objetos nas cidades de Guarabira, Souza, Mamanguape, Ingá, Campina Grande e João Pessoa.

O debate contou com ufologistas de diversos órgãos e foi solicitado por Jaêmio Carneiro que na época era o presidente do Instituto Nacional de Estudos Avançados e teve como proponentes diversos deputados daquela casa legislativa.

Desde então os paraibanos ficaram sabendo que o Estado está na rota mundial de estudos e pesquisas dos extraterrestres. Relatos de pessoas de várias partes do Estado dão conta de manifestações dos OVNIs. As testemunhas surgiram em vários municípios, mas o destaque maior sempre foi a cidade de Guarabira, considerada a capital da ufologia Paraibana.

Durante os relatos, as pessoas afirmam ter tido visões de luzes móveis coloridas e até seres de estatura baixa e cabeça grande. Porém o ufologista acredita que todas as histórias de seres pequenos com cabeças enormes são baseados na ufologia mística, que não é levada a sério devido as idéias fantasiosas a respeito dos extraterrestres.

Um fenômeno em particular chamou a atenção de especialistas em ufologia de todo o mundo, quando em 1977, na cidade de Sumé, a 260 km de João Pessoa, uma nuvem negra pairou sobre o açude da cidade e absorveu praticamente toda a água que existia nele.

O ufólogo espanhol e consultor da Revista Ufo editada no Brasil, Pablo Vilarrubia em entrevista em Brasília, revelou que passou três meses no interior paraibano coletando ocorrências arqueológicas e ufológicas.

Em seu livro lançado, "Brasil 20 mil km através de uma Geografia Oculta", ele cita os mais importantes fenômenos ufológicos da atualidade e abre destaque para vôos de OVINIs registrados sobre Guarabira, no Brejo Paraibano a 98 km de João Pessoa.


Diario do Sertão