Logo PARAÍBA.com.br

29 de August de 2014


Marcha para Jesus tem cerca de 70 mil; Primeira-dama destaca trabalho contra drogas

01/05/2011 | 09h59min

Primera-dama, Pâmela Bório, prefeito de JP, Luciano Agra, e o Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo PagottoPrimera-dama, Pâmela Bório, prefeito de JP, Luciano Agra, e o Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto

O grande barato é viver sem drogas. Com este tema, cerca de 70 mil pessoas participaram da 7ª Marcha para Jesus, realizada em João Pessoa na tarde e início de noite deste sábado (30). O evento acontece em vários países. Representando o governador Ricardo Coutinho, a primeira-dama do Estado, Pámela Bório, participou da marcha que teve concentração na avenida Epitácio Pessoa e terminou na praia de Tambaú, nas imediações do Busto de Tamandaré. O Governo do Estado colaborou com o evento utilizando todas as modalidades de policiamento no percurso e durante os shows com artistas evangélicos, na praia e distribuiu panfletos sobre o Proerd – Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência. O evento tammbém contou com a participação do prefeito de João Pessoa, Luciano Agra.


Pâmela Bório, que é madrinha do Programa Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas, ressaltou que pela primeira vez várias religiões se unem na Marcha para Jesus para expressar essa atitude e essa conscientização. A juventude está provando que já se conscientizou, porque ao dizer não às drogas, estão dizendo não à violência, não à destruição de famílias, não à morte, ressaltou a primeira-dama do Estado. Ela destacou que “a Marcha para Jesus é um sucesso e com certeza nas próximas edições o número de participantes só vai se multiplicar e a gente vai propagar essa conscientização em todo o Estado”.


No palco armado na praia de Tambaú, Pámela Bório fez um breve pronunciamento dirigido à multidão formada na sua grande maioria por jovens. Ela também recebeu um buquê de flores e declarou que a Marcha para Jesus proporcionou a ela muita emoção e convidou a todos para sempre buscar o bem, evitar as drogas. A primeira-dama do Estado parabenizou a todos pela organização do evento e agradeceu a presença de Dom Aldo Pagotto. Os deputados João Gonçalves e Toinho do Sopão também particiram da Marcha para Jesus.


O pastor João Filho, um dos coordenadores do evento, e gestor do Programa Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas, revelou que a Marcha para Jesus objetiva mostrar às pessoas que João Pessoa tem uma juventude bonita que protesta contra as drogas, contra os narcotraficantes. Este ano as igrejas evangélicas também convidaram os católicos e o Arcebispo Dom Aldo Pagotto participou da marcha. A promoção da paz, do amor e da vida, esse foi o lema do evento, disse o pastor João Filho que é o presidente da Associação dos Pastores Evangélicos da Paraíba (Apep).


O prefeito de João Pessoa entregou simbolicamente a chave da cidade aos pastores e ressaltou que a multidão reunida na Marcha para Jesus mostra que a sociedade está se mobilizando para lutar contra as drogas.


Dom Aldo Pagotto destacou que a Marcha para Jesus, uma iniciativa das igrejas evangélicas, é um evento muito importante e agradeceu aos pastores pelo convite. Ele ressaltou que a juventude quer a família, quer a dignidade, quer o respeito, nunca as drogas.


Além de diversas bandas evangélicas, a marcha teve a participação dos cantores Carlinhos Félix e PG.


Secom-PB