Logo PARAÍBA.com.br

21 de August de 2014


Brasil pronto para Copa do Mundo de 2038, é o que diz revista 'Veja'

23/05/2011 | 18h15min

Se o ritmo das obras da Copa do Mundo não se acelerarem, a construção da Arena Pantanal, o novo Verdão, só será concluída em 2017, ou seja, três anos após a realização do mundial no Brasil. Isso é o que aponta a reportagem de capa da revista Veja, que circula esta semana em todo país.

A reportagem ressalva que para o estádio da sede do Pantanal ficar pronto a tempo, será necessário aumentar a média mensal de gastos em 140%. Segundo a Veja, dos R$ 335 milhões que são estimados para as obras da arena, apenas R$ 48 milhões foram investidos.

No entanto, a situação da capital mato-grossense está longe de ser a pior das apresentadas na reportagem. Para se ter uma ideia, as obras do Maracanã, principal estádio da copa, apontado como o palco da final do mundial, estão ‘patinando’.

Veja estima que se as obras do estádio do Rio de Janeiro não forem adiantadas, o novo Maracanã só ficará pronto em março de 2038. Dos R$ 957 milhões que deverão ser gastos para a conclusão do estádio, apenas R$ 26 milhões foram investidos.

As obras de mobilidade urbana são outra ‘pedra no sapato’ para a Copa do Mundo, segundo a revista. Mas apesar de estar atrás da África do Sul, sede da última competição, o Brasil pode, se aumentar o ritmo, ser palco do mundial sem maiores problemas.

Como exemplo de que ainda dá tempo, a reportagem cita os jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro, em 2007. Na ocasião, o atrasos foram inúmeros, mas os investimentos cresceram a tempo de salvar a realização dos jogos.

Veja em resumo como está as obras nas cidades sedes, segunda a revista:

Maracanã, RJ:
No ritmo atual, ficará pronto em março de 2038. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 907%.
Custo do estádio R$ 957 milhões.
Já foi investido R$ 26 milhões.[

Estádio Nacional, DF
No ritmo atual, ficará pronto em outubro de 2021. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 291%.
Custo do estádio R$ 670 milhões.
Já foi investido R$ 45 milhões.


Mineirão, MG
No ritmo atual, ficará pronto em abril de 2020. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 235%.
Custo do estádio R$ 666 milhões.
Já foi investido R$ 86,6 milhões.


Castelão, CE
Único estádio que está no ritmo adequado apra realizar a Copa do Mundo de 2014.
Custo do estádio R$ 519 milhões.
Já foi investido R$ 80 milhões.

Arena Amazônia, AM
No ritmo atual, ficará pronto em maio de 2024. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 389%.
Custo do estádio R$ 499,5 milhões.
Já foi investido R$ 30 milhões.

Arena Pantanal, MT
No ritmo atual, ficará pronto em agosto de 2017. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 140%.
Custo do estádio R$ 355 milhões.
Já foi investido R$ 48 milhões.

Arena Pernambuco, PE
No ritmo atual, ficará pronto em dezembro de 2015. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 72%.
Custo do estádio R$ 532 milhões.
Já foi investido R$ 60 milhões.

Beira Rio, RS
No ritmo atual, ficará pronto em fevereiro de 2017. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 116%.
Custo do estádio R$ 290 milhões.
Já foi investido R$ 30 milhões.

Fonte Nova, BA
No ritmo atual, ficará pronto em novembro de 2015. Para entregar a tempo da copa de 2014, precisa aumentar a média mensal de gastos em 69%.
Custo do estádio R$ 591milhões.
Já foi investido R$ 99,9 milhões.

Estádio do Corinthians, SP
Sem previsão para entrega.
Custo do estádio R$ 1 bilhão.
Já foi investido = NADA.

Arena da Baixada, PR
Sem previsão para entrega.
Custo do estádio R$ 220 milhões.
Já foi investido = NADA.

Arena das Dunas, RN
Sem previsão para entrega.
Custo do estádio R$ 400 milhões.
Já foi investido = NADA.

Revista Veja