Logo PARAÍBA.com.br

21 de December de 2014


São João de JP tem Dejinha de Monteiro e Ripa na Chulipa nesta sexta

23/06/2011 | 18h26min

O instrumentista, cantor e compositor campinense Dejinha de Monteiro, com 24 discos gravados e composições que fizeram sucesso em interpretações de grupos e artistas de fama nacional, é uma das atrações do ‘São João de João Pessoa – O Melhor da Gente’ desta sexta-feira (24). Na noite se apresenta ainda no mesmo palco do Ponto de Cem Réis o grupo Ripa na Chulipa. Os shows começam a partir das 20h. Antes, a festa junina oferece na programação trios de forró e cultura popular. A realização é da Prefeitura da Capital, por meio da sua Fundação Cultural (Funjope).

Dejinha de Monteiro nasceu em Monteiro, no cariri paraibano. O artista começou a carreira de composições ainda bem jovem, no início da adolescência. Era admirado por muitos da região em que morava, devido a sua pouca idade e domínio de seu instrumento – a sanfona. Depois, foi para o Rio de Janeiro em busca de novas oportunidades musicais, se apresentando em programas televisivos e em casas de show do Sul do país. Fez isso ao lado de personalidades e grupos como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste, Luiz Vieira, As Irmãs Galvão, entre outros nomes.

Para o artista, a programação do evento junino pessoense está realmente uma verdadeira celebração ao forró, como propõe o tema da festa. “A programação foi a melhor possível. Venho tocando por ai a fora todos os anos, especialmente nesta época. E posso dizer que o São João de João Pessoa enaltece, de fato, a boa música tradicional”, enfatizou.

As composições de Dejinha de Monteiro já foram gravadas por artistas como Flávio José e Novinho da Paraíba. Este ano, ele completa 37 de carreira, somando 24 discos no mercado fonográfico. No repertório desta sexta-feira estão canções que foram sucesso nas vozes de aristas e grupos conhecidos nacionalmente, a exemplo de Luiz Gonzaga, Os Três do Nordeste, Jackson do Pandeiro, Jorge de Altinho e Santana. O artista possui mais de 25 anos de carreira e quase 300 músicas próprias registradas.

Ripa na Chulipa – Há oito anos surgia o grupo paraibano Ripa na Chulipa. Liderado pelo vocalista João Araújo, a formação inclui ainda Zefini (sanfona), Zé Caçamba (zabumba), Pio (triângulo), Ed Bob (baixo), Índio (guitarra), Ronaldo (bateria) e a cantora Rosângela.

“Vamos levar ao público um forró pé-de-serra, baseado no repertório de Luiz Gonzaga, Marinês, Pinto do Acordeon, Dominguinhos, Jackson do Pandeiro e tantos outros nomes que fazem parte desse universo tradicional da música nordestina”, garantiu João Araújo.

Celebração do Forró – Este ano, o São João de João Pessoa tem como tema a “Celebração do Forró”. Todo o evento vai lembrar os 60 anos de carreira e 80 anos de vida do cantor Genival Lacerda. A autenticidade da cultura nordestina mais uma vez é a marca do São João de João Pessoa. Por isso, o evento junino da Capital vai mostrar que a história do povo paraibano permanece viva, traduzida e celebrada por meio de suas tradições.

Trios de forró e cultura popular – Duas a três atrações por noite vão se apresentar só na tenda da cultura popular, a partir das 19h. Neste dia 24, o público poderá assistir à performance dos violeiros Antônio Costa e Daudete Bandeira, além do pífano dos Irmãos Aniceto, que é uma manifestação folclórica e musical do interior do Ceará, oriunda de um ritual dos índios Cariris. A programação nesse espaço será alternada com a do palco dos shows.

Antes da apresentação da cultura popular, três trios de forró animam o público no palco de shows, das 17h às 19h. Nesta sexta-feira, o arrasta-pé ficará por conta de Azulão do Forró, Os Três do Norte, além de Chico Ribeiro & Os Cabras de Mateus.

Confira abaixo o restante da programação:

Sexta-feira (24/06)

Local: palco dos shows – 17h

Atrações:    Azulão do Forró (trio)

Os Três do Norte (trio)

Chico Ribeiro & Os Cabras de Mateus (trio)

Secom-JP