Logo PARAÍBA.com.br

20 de August de 2014


Parque Arruda Câmara tem novo horário de funcionamento

10/03/2012 | 15h31min

O Parque Arruda Câmara (Bica) terá novo horário de funcionamento a partir da próxima semana. A Bica, que recebe em média a 10 mil pessoas por mês, ficará fechada para visitação nas segundas-feiras, funcionando com expediente interno normalmente. As visitas públicas serão feitas de terça-feira a domingo, das 7h30 às 17h, com a bilheteria funcionando até às 16h.

A decisão foi tomada visando o bem-estar dos animais, que agora terão um dia para descansar, evitando um maior estresse dos bichos. “Na natureza eles nunca permanecem tanto tempo na presença de humanos, ainda mais ouvindo barulhos por grande período, produzidos pelos visitantes”, disse o diretor da Bica, Edilson Parra. Segundo ele, essa prática já foi adotada em  outros zoológicos do Brasil.

Fundada em 1921, a Bica conta com 58 servidores, entre tratadores, veterinários, educadores ambientais e seis estagiários. Além de cuidarem da limpeza, manutenção e ambientação dos recintos dos animais e da infraestrutura, eles fazem a recepção dos visitantes e gerenciam projetos de reprodução das espécies em cativeiro, principalmente as ameaçadas de extinção.

Zoológico – O Parque Arruda Câmara conta com mais de 500 animais de cerca de 80 espécies diferentes. Eles podem ser observados pelas grades de proteção ou bem de perto, como no aviário, onde é possível caminhar em meio aos pássaros. O Parque passou por uma recente reforma e ganhou novas instalações para répteis, aves de rapina e diversos mamíferos.

O passeio de pedalinho, no lago, de quadriciclos e uma área remanescente de Mata Atlântica são outras atrações do lugar.

Condutores Ambientais – Quem visita o a Bica é guiado por condutores ambientais: jovens moradores de comunidades próximas a Bica, capacitados por um curso de formação realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa. Essa ação tem como objetivo aprimorar o convívio da população que mora no entorno do Parque com as áreas verdes, para que se sintam responsáveis pelo ambiente e ajudem na preservação.

Sala Verde – Outra atração da Bica é a Sala Verde Paula Frassinete, programa político pedagógico coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente e que tem como objetivo incentivar a implantação de espaços de informação e formação ambiental, disponibilizando e democratizando o acesso à informação. Com acesso livre aos visitantes, nesse espaço é possível consultar e copiar mais de 600 títulos impressos, livros digitais e artigos científicos dos mais variados assuntos, como tecnologias sociais e ambientais, permacultura, educação ambiental, Políticas Públicas Ambientais e ainda consulta sobre os mais diversos biomas.

A Sala Verde ainda oferece leitura de cordéis, internet, consulta em bases de dados, exposição permanente da Xiloteca Fleurisa Toscano e a Coleção de Sementes, além de abrigar o Projeto Ecocine.

Projeto Ecocine – A proposta é usar curtas, médias e longas metragens com a temática socioambiental em ações nas escolas públicas e com o público em geral. O acervo do projeto conta com 33 filmes, além da Coleção do Circuito Tela Verde.


Secom-JP