Logo PARAÍBA.com.br

22 de December de 2014


Programa Habilitação Social recebeu 108 mil inscrições; selecionados serão nomeados no dia 2

24/06/2012 | 10h08min

O Programa Habilitação Social inscreveu 108.730 candidatos, que vão disputar as 3 mil vagas oferecidas pelo Governo do Estado. No dia 2 de julho, será divulgado o resultado da seleção e os 3 mil inscritos escolhidos pelo programa serão convocados para apresentar os documentos que comprovem as informações prestadas durante a inscrição online, no período de 3 a 13 de julho. O resultado poderá ser conferido no endereço eletrônico www.habilitacaosocial.pb.gov.br.

Os candidatos selecionados para o Programa Habilitação Social passarão por todas as etapas exigidas a qualquer candidato à Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O objetivo do programa é contemplar pessoas que não podem pagar pelos serviços dos Centros de Formação de Condutores, cujos custos chegam a R$ 700.

Os candidatos selecionados serão encaminhados para aulas teóricas e práticas nos Centros de Formação de Condutores que aderiram ao programa. Pelo contrato, o pagamento das aulas só será efetuado após a aprovação do candidato em todos os exames aplicados pelo Detran.

Nesta primeira etapa serão destinadas 3 mil vagas, sendo 80% para primeira habilitação e 20% para adição ou mudança de categorias.

Aumento de vagas - Quando foi lançado pelo Governo do Estado, no dia 14 de maio, o programa, que possibilita o acesso à CNH de graça para candidatos carentes, pretendia oferecer 2 mil vagas até o final do ano. Com a demanda superando todas as expectativas, o Governo do Estado elevou o número de vagas para 3 mil.

Os critérios de concessão da habilitação social são baseados na renda familiar e outras situações sociais. O Habilitação Social reservou 50% das vagas para inscritos no Cadastro Único do Programa Bolsa Família. As demais vagas são distribuídas da seguinte forma: 15% para pessoas com renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que comprovem nunca haver tido experiência formal junto ao mercado de trabalho ou que estejam desempregadas há mais de um ano; 20% para alunos matriculados na rede pública de ensino nos programas Pró-Jovem e Brasil Alfabetizado; 10% para pessoas egressas e liberadas do sistema penitenciário, bem como aqueles que tenham cumprido medida sócio-educativa de internação, nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente, de acordo com requisitos estabelecidos pela portaria da superintendência do Detran; e 5% para beneficiários do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), inclusive os pequenos agricultores, assim como beneficiários de outros programas sociais.

O candidato à obtenção da Habilitação Social também terá que ser penalmente imputável; saber ler e escrever; possuir Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); comprovar domicílio no Estado da Paraíba e não estar judicialmente impedido de possuir a CNH.

Uso do capacete - O Programa Habilitação Social também é uma importante medida para reduzir o número de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas. Com o objetivo de salvar vidas e incentivar o uso do capacete, o programa vai doar o equipamento de segurança individual para todos os candidatos aprovados nas categorias referentes às motocicletas. Levantamentos comprovam que no interior do Estado existe maior resistência ao uso do capacete.

A Habilitação Social também vai permitir que muitos motociclistas que compraram as chamadas "cinquentinhas”  e não eram habilitados possam tirar a carteira de habitação categoria "A” ou a ACC ( autorização para conduzir ciclomotor).

Secom - PB