Logo PARAÍBA.com.br

16 de April de 2014


Ideb divulga lista das melhores escolas da rede pública de ensino da Paraíba

15/08/2012 | 17h48min

A Paraíba obteve a média 4,0 para o 5º ano do Ensino Fundamental no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2011. O índice demonstra um crescimento em relação à edição de 2009 do Ideb, quando obteve o índice de 3,9. O resultado do Ideb/2011 foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) nessa terça-feira (14).

A Paraíba conseguiu superar a projeção do MEC para este ano, que era de 3,8, para o 5º ano do Ensino Fundamental. Para o 5º ano, o Estado ficou também na 3ª posição empatado com Pernambuco, ficando abaixo novamente do Ceará (4,9) e também do Piauí (4,4).

Para o Ensino Médio, por sua vez, a Paraíba ficou com 3,3, mesmo índice estimado pelo MEC. A Paraíba teve uma posição melhor em meio aos outros estados nordestinos. O Estado foi o 3º, sendo superado pelo Ceará (3,7) e Pernambuco (3,4).  

“Os dados do Ideb demonstram que, se de um lado crescemos, de acordo com as metas estabelecidas pelo MEC, temos ainda muito a progredir no que tange à busca da melhoria da qualidade do ensino, pois os dados refletem a necessidade de olharmos nossas ações para, a partir da avaliação, procedermos ao aprofundamento das transformações propostas no plano Paraíba Faz Educação”, avaliou o secretário de Estado da Educação, Harrison Targino.

Numa análise comparativa da rede estadual, entre o Ideb de 2009 e 2011, as estatísticas apontam um cenário promissor, com crescimento nos anos iniciais e finais. No Ensino Médio houve uma pequena retração, porém o Estado atingiu a meta estabelecida pelo Inep/MEC, para 2011, de 2,9. Os resultados do Ideb ainda refletem as políticas públicas educacionais desenvolvidas em 2009 e 2010, uma vez que a avaliação é aplicada a cada biênio.

“Se compararmos o Ideb 2009 ao resultado de 2011 percebemos um crescimento significativo, porém entendemos que precisamos de muito mais, então estamos preparando o quadro demonstrativo do Ideb das 14 Gerências Regionais de Educação (GRE) e estamos encaminhando para todos os gerentes para que eles possam, em conjunto com as escolas, avaliar os resultados pedagogicamente para que em 2013 possamos estar superando as nossas metas”, esclareceu a gerente do Programa de Avaliação da Secretaria de Estado da Educação (SEE), Iara Andrade.

Crescimento – Os novos investimentos para as políticas educacionais adotadas a partir de 2011, para cada um dos segmentos da Educação Básica, apontam uma perspectiva de crescimento, considerando o Plano de Gestão Paraíba Faz Educação, composto por 33 projetos, dentre eles, o Primeiros Saberes da Infância e Revisitando os Saberes e o Mais Educação, que já funciona em 471 escolas, com atividades em tempo integral, direcionadas ao Ensino Fundamental.

Já para o Ensino Médio, o Governo do Estado implantou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que disponibilizou 6 mil vagas em 2011; o Programa de Ensino Médio Inovador (Proemi), implantado no ano passado em 27 escolas da rede estadual e a construção de 15 escolas técnicas estaduais, sendo três com processos licitatórios abertos, visando a melhoria dos indicadores na próxima edição do Ideb, em 2013.

Na rede estadual, para os anos iniciais do Ensino Fundamental, a Paraíba atingiu 4.0, ultrapassando a projeção do MEC, que foi de 3,8 e ainda o índice regional, que é 3,9 para 2011. No Ensino Médio, a Paraíba alcançou o índice de 2,9 cumprindo a meta estabelecida pelo MEC para o mesmo ano. A escola estadual com melhor índice no 9º ano em todo o Estado foi o Instituto Dom Adauto, em João Pessoa. A instituição teve índice 5,3, superando a meta, que era de 4,9.

“Não nos conforta o fato de perceber que a Paraíba está na média nordestina, tanto no ensino fundamental quanto no ensino médio, então o caminho que temos para percorrer é grande e o Governo do Estado tem buscado investir fortemente para mudar essa situação histórica de defasagem construída na educação e sobretudo retomar os índices de crescimento”, finalizou Harrison Targino.

Ideb – O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado pelo MEC para medir a qualidade no ciclo básico de ensino. Ele é feito a cada dois anos e já tem quatro edições (2005, 2007, 2009 e 2011). Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho na Prova Brasil, aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do Ensino Médio.

O Ideb possibilita analisar a qualidade da educação em uma determinada escola e nas diversas redes de ensino; no fundamental, é possível avaliar o desempenho dos municípios nas redes públicas e, no nível médio, o Ideb é divulgado por UF. Há também o Ideb Brasil, dividido entre as redes municipal, estadual e privada.

A metodologia do Saeb/Prova Brasil baseia-se na aplicação de testes padronizados de Língua Portuguesa e Matemática e Questionários Socioeconômicos a estudantes de 5º ano e 9º ano do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio. Além dos estudantes, diretores e professores também respondem a Questionários Socioeconômicos. As escolas avaliadas pelo Saeb/Prova Brasil dividem-se em dois grupos: as que são avaliadas censitariamente e as que são avaliadas amostralmente, por sorteio.                              

Melhores Idebs/2011 rede estadual nos anos iniciais

Nome do Município

Nome da Escola

IDEB
2011
(N x P)








BOA VISTA

EEEFM TEODOSIO DE OLIVEIRA LEDO

6,4


JOAO PESSOA

CENTRO EST EXP DE ENS A SESQUICENTENARIO

6,4


JOAO PESSOA

EEEFM FERNANDO MOURA CUNHA LIMA

5,9


CUITE

EEEF ANDRE VIDAL DE NEGREIROS

5,7


JOAO PESSOA

EEEF CLAUDINA MANGUEIRA DE MOURA

5,7


CAMPINA GRANDE

EEEF SANTO ANTONIO

5,6


CAMPINA GRANDE

EEEF ALCEU DO AMOROSO LIMA

5,4


ITABAIANA

EEEF JOAO FAGUNDES OLIVEIRA

5,3


JOAO PESSOA

EEEFM JOAO ROBERTO BORGES DE SOUZA

5,3


SERRA GRANDE

EEEFM PROF JOSEFA JUSTINO GOMES

5,3


JOAO PESSOA

EEEF PADRE DEHON

5,2


RIO TINTO

EEEF FREDERICO LUNDGREN

5,1


SANTA HELENA

EEEF PROF JOSE BENTO

5,1


SOUSA

EEEF CONEGO JOAO CARTAXO ROLIM

5,1


CATOLE DO ROCHA

EEEIEF JOAO SUASSUNA

5,0


JOAO PESSOA

EEEF PROF CONCITA BARROS

5,0


NOVA FLORESTA

EEEF DEP JOSE PEREIRA

5,0


NOVA OLINDA

EEEFM JOAO LEITE NETO

5,0


CABEDELO

EEEFM PEDRO AMERICO

4,9


CAMPINA GRANDE

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL DE APLICACAO

4,9


Melhores Idebs/2011 rede estadual nos anos finais

Nome do Município

Nome da Escola

IDEB
2011
(N x P)








JOAO PESSOA

INSTITUTO DOM ADAUTO

5,3


JOAO PESSOA

CENTRO EST EXP DE ENS A SESQUICENTENARIO

4,6


JOAO PESSOA

EEEF FRANCISCO CAMPOS

4,6


SANTA LUZIA

EEEFM ARLINDO BENTO DE MORAIS

4,6


JOAO PESSOA

EEEF PROFA ARGENTINA PEREIRA GOMES

4,5


JOAO PESSOA

EEEF SANTOS DUMONT

4,5


CAMPINA GRANDE

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MEDIO SEVERINO CABRAL

4,4


NOVA OLINDA

EEEFM JOAO LEITE NETO

4,4


JOAO PESSOA

EEEFM FERNANDO MOURA CUNHA LIMA

4,3


UMBUZEIRO

EEEIFM PRES JOAO PESSOA

4,3


BELEM DO BREJO DO CRUZ

EEEF AMERICO MAIA

4,1


NAZAREZINHO

EEEFM FRANCISCO AUGUSTO CAMPOS

4,1


BAYEUX

EEEF ANITA GARIBALDI

4,0


REMIGIO

EEEF DR CUNHA LIMA

4,0


SANTA TERESINHA

EEEFM PROF JOAO NOBERTO

4,0


TEIXEIRA

EEEFM SEBASTIAO GUEDES DA SILVA

4,0


ZABELE

EEEFM PROF MARIA CELESTE DO NASCIMENTO

4,0


ITABAIANA

EEEF JOAO FAGUNDES OLIVEIRA

3,9


PATOS

EEEF RIO BRANCO

3,9


PRATA

EEEIEF FRANCISCO DE ASSIS GONZAGA

3,9


Secom-PB