Logo PARAÍBA.com.br

02 de September de 2014


Produtos eletrônicos lideram ranking de reclamações e Procon-PB alerta sobre compras no final de ano

20/12/2012 | 10h16min

De acordo com os dados levantados pelo Procon Estadual, o número de reclamações no ano de 2012 aumentou consideravelmente se comparado com o do ano anterior, sendo as reclamações relacionadas a produtos eletrônicos líderes do ranking de ocorrências.


Segundo o levantamento apresentado pelo órgão, do início do ano até agora foram registradas 455 reclamações referentes a aparelhos de telefone, entre celulares e telefones fixos. Seguido por reclamações de produtos de informática e computadores com 380 reclamações.


Para Rebecca Bandeira, consultora jurídica do Procon Estadual, o consumidor deve estar atento para aquilo que compra, uma vez que a maioria das ocorrências está relacionada a produtos defeituosos. “Antes de tudo o consumidor deve se certificar sobre a qualidade dos produtos”, afirma a consultora.


Em relação ao processo de trocas, reclamação recorrente nesse período do ano, a consultora alerta: “As lojas não são obrigadas a fazer a troca de produtos que não apresentem defeito. O consumidor deve perguntar se a loja se prontifica em realizar a troca para garantir o direito”.


Outro alerta é em relação aos produtos promocionais. De acordo com a consultora, o comprador deve desconsiderar os avisos de que ‘não se realiza a troca dos produtos em promoção’. “Geralmente os produtos colocados em saldo são pontas de estoque ou podem apresentar algum defeito, a loja só não é obrigada a trocar o produto se avisar ao consumidor o motivo pelo qual o produto está em promoção”, afirma Bandeira.


O prazo para trocas é de 90 dias para bens duráveis, 30 dias não duráveis.  E a assistência técnica de produtos eletrônicos deve ser assegurada pela garantia se acionada dentro do prazo. 


Cybele Soares