Logo PARAÍBA.com.br

18 de September de 2014


V de Vinagre: Game ironiza violência policial nas manifestações do país

17/06/2013 | 17h39min

Como forma de protestar contra a truculência da Polícia Militar empregada para impedir as manifestações em capitais brasileiras nos últimos dias, a Flux Game Studio criou o game V de Vinagre, exclusivo para o Facebook.

De acordo com a produtora, o roteiro gira em torno de um manifestante que precisa fugir da polícia por portar potes de vinagre em sua mochilha. "Poderia muito bem ser um game 100% de ficção. O problema é que, neste caso, é inspirado nessa triste realidade com a qual não podemos compactuar. A maneira como a polícia atuou infelizmente foi digna dos mais violentos e impressionantes filmes ou jogos de ação”, afirma Paulo Luis Santos, diretor de criação da Flux.

O game faz referência à prisão do jornalista Piero Locatelli, da revista Carta Capital, por "porte de vinagre" durante a manifestação do dia 13, em São Paulo. A Flux diz que o objetivo do jogo é "ampliar a conscientização geral sobre a situação que está acontecendo na cidade de São Paulo e no país". A empresa acredita que pode levar o assunto a um público que não lê jornais ou sites de notícia - especialmente um público mais jovem.

O game foi desenvolvido no formato game jam: uma minimaratona de 18 horas de trabalho, inspirado na HQ V de Vingança, de Alan Moore  - cujo protagonista, o anarquista V, usa uma máscara inspirada em Guy Fawkes, e tornou-se símbolo de ciberativismo e lutas sociais.

“Estamos manifestando uma opinião ideológica e registrando um movimento social importantíssimo com o V de Vinagre, e sabemos que as pessoas que o jogarem serão expostas e talvez até influenciadas por ela. Esse é o ponto”, conclui Santos.

Omelete