Logo PARAÍBA.com.br

20 de October de 2014


Passageira de avião desaparecido marcou três gols em torneio no Pará

20/03/2014 | 12h17min

Três gols, classificação às semifinais e felicidade. Essa era a realidade da técnica de enfermagem Rayline Campos até pouco tempo. Em viagem a trabalho na última terça-feira (18), o avião bimotor que levava a jovem de 26 anos e mais quatro passageiros desapareceu no sudoeste do Pará. Antes dessa tragédia, ela foi protagonista de uma história bem mais feliz dentro das quatro linhas.

Jogadora de futebol amador desde criança, Rayline defende a equipe do Jardim Santarém na Copa Norte na cidade de Santarém, oeste do Pará. No último domingo (16), a atacante marcou três gols na vitória de seu time sobre o Atlético Mararu por 5 a 0 e ajudou a conseguir a classificação para as semifinais da competição local.

A treinadora do Jardim Santarém, Socorro Sousa, lembra que a jogadora foi chamada para o time, mas por causa de sua viagem atuou apenas em uma partida, fazendo três gols. Ela aguarda notícias sobre a amiga e espera que Rayline esteja bem.

- A conheci jogando futsal e a convidei para experimentar futebol de campo, na nossa equipe. Ela disse que só ia poder jogar uma vez, mas foi importante na nossa classificação, nos ajudou muito. Tenho sempre ligado para alguns conhecidos para saber novidades.  Estamos torcendo por ela.  

Torcedora do Flamengo, Rayline sempre mostrou paixão pelo esporte. Além do Jardim Santarém, a jogadora já defendeu o São Francisco e foi campeã do Copão do Urumari em 2009 pelo Leão. Rubélio Santos, tio da jovem, afirma que os gols marcados no fim de semana pela Copa Norte de futebol feminino foram motivo de muita alegria para ela.  

- Ela gosta de jogar bola desde muito nova. Quando voltou dessa partida, veio toda feliz nos avisar dos gols que fez. Ela sempre amou o futebol e vai continuar amando, porque sei que minha sobrinha está bem.

O Jardim Santarém volta a campo para enfrentar o União Jutaí pela fase semifinal da Copa Norte. A rodada deve acontecer no próximo domingo (23), mas a coordenação ainda não definiu as datas. As equipes do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) retomaram as buscas pelo avião desaparecido nessa quinta-feira (20).

Entenda o caso

O avião Beechcraft BE 58 Baron que saiu de Itaituba com destino a uma aldeia indígena em Jacaraeacanga, no Pará, desapareceu na terça-feira (18). O bimotor levava profissionais de saúde da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) e perdeu completamente o contato a 11 milhas do município do sudoeste do estado. A Seripa informa que o veículo sofreu uma pane em um dos motores e que o piloto tentou fazer um pouso forçado.

A técnica de enfermagem Rayline Campos chegou a mandar mensagens de texto para o tio Rubélio Santos antes de ficar sem sinal telefônico. A jovem falou sobre um temporal que o avião atravessava e do problema no motor da aeronave.

GE