X

Dólar
Euro
24 de May de 2019

João Pessoa

João Pessoa pode ficar sem ônibus na próxima semana com ameaça de greve dos motoristas

02/07/2014 | 18h27min

Os motoristas de transporte coletivo decidem logo mais, nesta quarta-feira (2), se iniciam greve na próxima segunda-feira em toda grande João Pessoa. Se a decisão da assmebleia for favoravel à greve, 280 mil pessoas terão que se virar sem os ônibus.

Conforme o presidente do sindicato, Antônio de Pádua, tudo vai depender da decisão da categoria, que vai analisar a contraproposta do Sindicato patronal enviada no dia 25 de junho. Os motoristas reivindicam além dos 14% de reajuste salarial, a unificação do vale alimentação para R$ 500 e ainda o pagamento integral do plano de saúde, que atualmente é pago somente pelos trabalhadores.

“Nós enviamos a nossa pauta de reivindicação ao Sindicato patronal, no dia dois de junho, já que a nossa data base é dia primeiro de julho e recebemos a contraproposta que será avaliada ainda hoje com categoria e conforme for poderemos paralisar as atividades sob advertência na próxima segunda-feira”, disse.

A Associação de Empresas de Transportes Coletivos de João Pessoa não acredita na paralisação dos motoristas. Segundo a AETC-JP, tudo não passa de especulação. 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Motoristas, 5 mil profissionais trabalham nas 82 linhas de ônibus de João Pessoa e nas 20 linhas que cortam as cidades de Cabedelo, Santa Rita e Bayeux, na região metropolitana.

A frota de ônibus da Capital é de 480 veículos em circulação, de oito empresas de transportes de passageiros de característica urbana, conforme explicou Antônio de Pádua.

Redação com Correio

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.