Logo PARAÍBA.com.br


Menor suspeito é morto em confronto com UPP no Morro da Providência

24/07/2014 | 12h32min

Um jovem de 17 anos foi morto em um confronto com policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Providência, no Centro do Rio, na noite desta quarta-feira. O tiroteio ocorreu a cerca de 40 metros da base do teleférico da comunidade, que está em fase de testes e não funcionava no momento. Um fuzil, uma pistola e munição foram apreendidos.

Segundo o subcomandante da UPP da Providência, tenente Everton Heringer, os policiais receberam várias denúncias sobre a presença de homens armados consumindo e vendendo drogas na Praça Américo Brum, no alto da comunidade. De acordo com o oficial, na quadra existente na localidade, era realizado o baile funk da comunidade antes da ocupação da PM.

Uma guarnição da UPP foi ao local, por volta das 20h, e se deparou com dois criminosos. Ainda de acordo com o oficial, a dupla reagiu a presença da PM atirando contra os militares que revidaram, dando início ao tiroteio. Eles fugiram em seguida.

Na 5ª DP (Mem de Sá), onde apresentavam o fuzil M-16 com silenciador, uma pistola 9mm e munição apreendidos na ação, os PMs foram informados sobre da presença de um jovem baleado no Hospital Municipal Souza Aguiar. Eles reconheceram o rapaz como um dos dois suspeitos que participaram do tiroteio. Ainda segundo a PM, ele tinha sete antecedentes criminais, sendo dois por tráfico de drogas e um por associação para o tráfico.

"Queria agradecer a comunidade por ter contribuído com informações que nos levam a combater os criminosos que ainda insistem em praticar crimes. A maioria dos moradores apoia o trabalho da UPP", disse o tenente Heringer. Ele disse que no tiroteio quase foi atingido por um disparo.

Com o apoio de policiais do 5º BPM (Praça da Harmonia), PMs da UPP realizaram buscas na região e em hospitais para tentar localizar o outro criminoso, mas ele não foi encontrado.

O Dia Online