Logo PARAÍBA.com.br


Baleia Azul:Coronel relata caso de tentativa de suicídio e mutilações registrados na Capital

2017-04-20 18:00:00.0

O coronel Arnaldo Sobrinho de Morais Neto, coordenador do Centro Integrado de Operações Policiais  (Ciop) e especialista em crimes cibernéticos disse que a polícia já registrou vários casos de adolescente envolvidos com o jogo “ Baleia Azul’ que vem acontecendo nas redes sociais e que vem causando pânico e medo principalmente nos pais dos adolescentes.

O oficial contou que o jogo já vem acontecendo há cerca de 25 dias em João Pessoa e um dos casos um adolescente subiu no prédio com a intenção de cometer o suicídio o que não aconteceu porque ele não teve coragem de pular e acabou gritando pela mãe. Arnaldo Sobrinho disse que também foram registrados casos de mutilações.

Na opinião do coronel, o principal fiscalizador desse jogo, são os pais que devem está atentos ao que filhos estão vendo das redes sociais.  “Teve um caso que o pai percebeu o envolvimento do filho no jogo e quebrou o celular. Então é preciso  que os fiscalizem udo que o filho vem fazendo nas redes sociais”,  disse.

Arnaldo Sobrinho orienta os pais a observarem o comportamento dos filhos com esse ambiente virtual “ Não é comum um adolescente  ficar trancado dentro de casa sem querem sair, como também não é comum ele ficar usando um blusão preto em pleno calor. Esses comportamentos devem ser observados pelos pais”, disse oficial.

Para o coronel um dos maiores  problemas do jogo “Baleia Azul” são as ameaças feitas aos seguidores do jogo.  Além de ameaçar os adolescentes, eles também ameaçam aos pais casos os adolescentes  não cumpram as promessas, mas  isso não existe, é pura balela”, finalizou o comandante.


Paulo Cosme