Logo PARAÍBA.com.br


Juíza que pediu vistas no julgamento da ação da PBPrev poderá antecipar voto

2017-04-21 08:16:00.0

É bem possível que a juíza Michelini Jatobá apresente seu voto no julgamento da AIJE da PBPrev que pede a cassação do governador Ricardo Coutinho, antes do prazo inicialmente previsto, 4 de maio. Segundo informações dos bastidores do Tribunal Regional Eleitoral, a magistrada se apressou em requisitar uma cópia dos autos, logo após a sessão da última segunda-feira (dia 17).


Quando a magistrada pediu vistas, o placar do julgamento estava 1 a 1, com os votos do desembargador-relator Romero Marcelo (contra a cassação do governador Ricardo Coutinho), e o juiz Márcio Maranhão (pela cassação), logo após o parecer do procurador eleitoral Marcos Queiroga, que foi contundente pela cassação do governador, e ainda sua inelegibilidade por oito anos.


Pela sequência estabelecida no TRE, após o voto da juíza Michelini, ainda haverá a manifestação dos seguintes magistrados, pela ordem: Breno Wanderley, Emiliano Zapata (juiz federal) e Antônio Carneiro de Paiva. A desembargadora presidente Maria das Graças Morais Guedes só votará em caso de empate.