Logo PARAÍBA.com.br


Na prisão, Cunha faz carta e nega que estejam pagando pelo seu silêncio

2017-05-19 16:41:00.0

A coluna Painel, da Folha de São Paulo, divulgou trechos de uma carta assinada pelo ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Na carta, datada do dia 18 de maio e escrita a próprio punho, Cunha diz que não está em silêncio, e que o empresário Joesley Batista mentiu ao dizer que estava comprando seu silêncio.

"Não estou em silêncio e tampouco ficarei (...) São falsas as afirmações atribuídas a Joesley Batista de que estaria comprando meu silêncio", diz.

Ainda de acordo com a coluna, Cunha diz na carta que jamais pediu qualquer coisa ao presidente Michel Temer. "Não estou alinhado com nenhuma versão dos fatos que não seja a verdadeira".

180 Graus