Logo PARAÍBA.com.br


Liga Espanhola não aceita pagamento do PSG por Neymar

2017-08-03 09:05:00.0

O PSG cumpriu, nesta quinta-feira, a etapa que restava para concluir a contratação de Neymar ao apresentar um documento bancário no valor de 222 milhões de euros (R$ 821 milhões) para liberar o brasileiro de seu contrato com o Barcelona. A Liga Espanhola, contudo, não aceitou o pagamento.

"Nós confirmamos que os representantes legais do jogador vieram até LaLiga para depositar a cláusula (de rescisão) e que ela foi rejeitada. Essas são todas as informações que podemos dar no momento", disse LaLiga em comunicado enviado à ESPN.

Mediante a negativa da Liga Espanhola, segundo o jornal espanhol "Marca", o próximo passo a ser dado pelo astro brasileiro é solicitar sua transferência provisória à Fifa, o que lhe permitiria vestir a camisa do PSG.

Como a cláusula de rescisão do contrato de Neymar com o Barcelona foi cumprida, apesar da negativa em relação ao pagamento, ainda segundo o jornal espanhol, a Liga não pode bloquear a saída do brasileiro e, por tanto, a Fifa deve conceder a transferência provisória liberando o jogador.

Os principais argumentos para que a LaLiga não aceite os 222 milhões de euros são a possibilidade de o PSG estar infringindo as normas de fair play financeiro da Uefa, mas também uma pendência entre Barcelona e Neymar, referente ao pagamento de um bônus previsto pela renovação de contrato. 

O clube espanhol tinha até a última segunda-feira para pagar cerca de 25 milhões de euros (R$ 92,5 milhões) a Neymar e seu pai, em cláusula prevista na renovação até 2021 assinada pelo brasileiro em 2016. O Barça, contudo, congelou esse pagamento, diante da iminente saída do atleta para o PSG.

Na quarta-feira, Neymar comunicou sua saída ao Barcelona e já passou por exames médicos para acertar com o PSG. O atacante é esperado em Paris nesta quinta, para ser apresentado na sexta.

ESPN