Logo PARAÍBA.com.br


Unidades socioeducativas da Fundac comemoram Dia do Estudante

2017-08-12 15:41:00.0

As atividades alusivas ao ‘Dia do Estudante’ nas unidades socioeducativas da Paraíba contaram com uma vasta programação e motivaram todos os estudantes da Escola Cidadã Integral Socioeducativa. A Semana do Estudante em todas as escolas-unidades envolveu alunos, professores, agentes, equipe técnica e diretores de unidades socioeducativas no Estado.

O presidente da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice Almeida’ (Fundac), Noaldo Meireles, parabenizou todos estudantes das unidades, “incluindo todos nós que estamos aprendendo a cada dia com essa extraordinária experiencia da Escola  Cidadã Integral”.

A coordenadora do Eixo Educação, Maria Roberta Roberta de Alencar Oliveira, disse que “a comemoração da data foi carregada, igualmente, de simbolismo, que mostra, acima de tudo, que estamos inaugurando um novo tempo na socioeducação da Paraíba, resgatando e ‘devolvendo’ direitos, buscando dignidade na construção e abertura dessa ‘janela para o futuro’”.

Em João Pessoa, todas as unidades socioeducativas realizaram atividades variadas para celebrar o Dia do Estudante.  No Centro Educacional do Jovem (CEJ) jogos que trabalham a lógica e a mente dos internos foram aplicados durante a manhã. Jogos de dama, dominó além de palestras e exibição de filmes fizeram parte da programação.

Na Casa Educativa Rita Gadelha (feminina), a coordenadora pedagógica Marcia Tereza Santos informou que o acolhimento aos internos partiu dos professores, que iniciaram as atividades cantando em coro a canção ‘Coração de Estudante’, de Milton Nascimento. Elas despertaram as adolescentes convidando-as a, conjuntamente, participar das atividades do dia alusivo ao estudante. À tarde, uma representante do grupo ‘Levante’ foi à unidade para montar o grêmio.

Na programação do Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE) foram aplicadas dinâmicas de grupo e jogos interativos (teatro, dança, torneio entre equipes envolvendo todas as alas). A acolhida se deu com a apresentação da Banda Marcial da Escola Estadual Compositor Luiz Ramalho, executando o Hino Nacional, e da plantação de sementes de girassol por meio da atividade “Semeando o Amanhã”. As atividades se encerraram com a realização de um torneio e a distribuição de pizza, sugestão dos adolescentes.

O coordenador pedagógico do CSE, José Mantovani, disse que uma série de ações foram programadas para a semana. “As atividades foram guiadas dentro desse perfil da nova escola, do novo estudante. Uma série de ações foram programadas e executadas para toda semana, envolvendo a família, dia de visita, temáticas transversais dos cursos e dentro das salas de aula e dos espaços da escola. Foi um momento muito precioso, os adolescentes estavam muito felizes, nós conseguimos olhar, trocar, conversar e sentir essa recepção muito bacana deles”, comentou.

Na Internação Provisória (CEA), os socioeducandos também seguiram uma programação intensa. A acolhida contou com dramatização teatral com a peça ‘Em busca da Paz’, sob a orientação da professora Dian Urshita; seguido de exibição do vídeo ‘Rap da Educação’, com declamação do poema ‘Coração de Estudante’.

Os estudantes também participaram de oficina de modelagem com o título ‘Modelando Sonhos” seguido da criação do mural coletivo ‘Mãos que Libertam’. O circuito recreativo envolveu esporte e brincadeiras, alongamento, disputa com bola de sopro, campeonato de peteca, disputa de  corda, saco e circuito com obstáculos.

Em Lagoa Seca, no Lar do Garoto, o ‘Dia do Estudante’ foi celebrado da suingueira a capoeira, do vôlei de areia ao futsal, um cineminha com pipoca e partidas de xadrez. Os adolescentes se engajaram nas atividades e afirmaram estar vivenciando um novo momento no Lar do Garoto. O estudante E.S., que já compôs  uma música para a escola cidadã, afirmou que gosta das atividades propostas e que os estudos mudarão seu futuro.

A coordenadora pedagógica do Lar, Luzivone Lopes acredita na proposta da Escola Cidadã Integral da Socioeducação. Para ela, “excelência pedagógica e a formação de valores são caminhos que podem reconfigurar a vida dos adolescentes”.


Secom-PB