Logo PARAÍBA.com.br


Aposentado comemora Dia dos Pais com festa de 100 anos: 'Feliz demais'

2017-08-13 12:13:00.0

Dia dos Pais, comemorado neste domingo (13), é especial para a família do aposentado Geraldo Machado de Oliveira, que celebrou o aniversário de 100 anos do patriarca na véspera da data, em Goiânia. Pai de seis filhos, além de vários sobrinhos, de quem se considera pai por ter ajudado a criar, o idoso sente orgulho do seu centenário.

“É, está bom demais da conta. Para mim está uma beleza. Estou forte, estou feliz demais”, disse o aposentado.

A festa de Geraldo reuniu cerca de 200 pessoas, entre familiares e amigos, na tarde de sábado (12), no Setor Santa Genoveva, em Goiânia. Além dos filhos, estiveram na comemoração os 18 netos, onze, filhos dos filhos do aposentado, e sete dos sobrinhos, que ele também considera como netos.

Participaram parentes que viajaram do interior de Goiás, do Amazonas, Mato Grosso, Rondônia e até dos Estados Unidos, onde mora o filho mais velho do aposentado, Hamilton Machado, de 74 anos.

O primogênito viajou mais de 15h para poder participar do momento. Hamilton estava bastante emocionado e disse que não conseguia dizer muitas palavras. “Nem sei explicar, porque se a gente começar a falar muito, chora. É só isso”, disse.

O filho caçula, o médico Mauro Machado, de 56 anos, agradeceu pela oportunidade de poder comemorar o aniversário de 100 anos do pai. “É muita benção. O sentimento é só de gratidão, porque são poucas pessoas que conseguem chegar nesta idade, e a gente tem que sempre agradecer a Deus por isso”, afirmou.

Geraldo Machado completou 100 anos com festa, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Geraldo Machado completou 100 anos com festa, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Geraldo Machado completou 100 anos com festa, em Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

 

História

 

O aposentado nasceu em 1917, em Palmeiras de Goiás, na região sul do estado. Ele se casou, também na cidade, com Cecília, com quem teve quatro filhos e duas filhas. Depois de algum tempo de casados, os dois se mudaram para Goiânia para que os filhos pudessem estudar. Geraldo garantia o sustento da casa como caminhoneiro.

A família morou na Vila Abajá, depois se mudou para o Setor Campinas e, atualmente, mora no Setor Bueno, na região sul da capital. Ele afirma que, apesar de não morar mais em Campinas, se considera um campineiro. A família conta que sempre que pode, leva o aposentado para passear no setor, para ele rever os amigos.

Um dos netos do aposentado, Matheus Machado, afirma que a história do avô o inspira como ser humano. “É uma missão muito grande, de humildade, de generosidade, principalmente. Se Deus quiser vou ter a mesma sabedoria para ensinar para minha família as coisas que ele me ensinou”, afirmou.

Família afirma que sente orgulho da história de Geraldo Machado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Família afirma que sente orgulho da história de Geraldo Machado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Família afirma que sente orgulho da história de Geraldo Machado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

G1