Logo PARAÍBA.com.br


Botafogo marca nos acréscimos, bate Chapecoense e segue na briga pela Libertadores

2017-10-12 09:10:00.0

No retorno do Brasileirão após folga por conta das Eliminatórias para a Copa do Mundo, o Botafogo quase ficou apenas no empate com a Chapecoense nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos. Mas Vinicius Tanque salvou a noite para os cariocas e deu ao time alvinegro a vitória por 2 a 1, em jogo válido pela 27ª rodada.

O resultado levou o Botafogo aos 43 pontos, ainda na sexta colocação da Série A e na briga por vaga na próxima Libertadores. A Chapecoense também continuou na mesma posição, o 12º lugar, com 32, a dois da zona do rebaixamento. Novos jogos dessa rodada podem mexer com o time catarinense na tabela de classificação.

Na próxima rodada, o Botafogo tem clássico com o Vasco, no Maracanã, às 19h deste sábado, 14 de outubro. A Chapecoense, por sua vez, recebe o Flamengo no domingo, na Arena Condá, às 17h.

O jogo

No duelo desta quarta-feira, o jogo foi de pouquíssima emoção no Nilton Santos, com muitas faltas, três cartões amarelos e chances raras. 

Gatito só trabalhou uma vez e mesmo assim de forma tranquila, após desvio de cabeça de Wellington Paulista. 

O Botafogo insistiu nas bolas levantadas na área, para Brenner, mas o atacante não conseguiu ser eficiente na etapa inicial. 

Na etapa final, a Chapecoense abriu o placar na primeira boa chegada. Túlio de Melo ganhou o lance na área e cruzou. Victor Luis deu bobeira, e Apodi, sozinho, tocou forte de cabeça para vencer Gatito. 

Na sequência, o Botafogo tentou reagir. João Paulo bateu de fora da área, Jandrei pulou para conferir, mas a bola foi direto pela linha de fundo. 

O time carioca continuou tentando. Marcos Vinícius recebeu no meio, levou para a perna direita e bateu prensado, nas mãos de Jandrei. 

O gol de empate veio pouco depois. João Paulo levantou na área, Carli dividiu com o zagueiro pelo alto, e Brenner, livre de marcação, tocou de cabeça para balançar a rede e deixar tudo igual.

No fim, Pimpão dominou pela esquerda e levantou no segundo pau. Vinicius Tanque, nas costas do marcador, mandou para a rede e encerrou o duelo no Rio de Janeiro. 

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 2 X 1 CHAPECOENSE

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 11 de outubro de 2017 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Renda: R$ 106.390,00
Público: 6.548 pagantes
Cartões amarelos: Matheus Fernandes (Botafogo) e Apodi, Moisés Ribeiro e Douglas Grolli (Chapecoense)
GOLS: BOTAFOGO: Brenner, aos 20, e Vinícius Tanque, aos 49 minutos do 2TCHAPECOENSE: Apodi, aos 14 minutos do 2º Tempo

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Marcos Vinícius), Bruno Silva e João Paulo; Guilherme (Rodrigo Pimpão) e Brenner (Vinícius Tanque). Técnico: Jair Ventura

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moises Ribeiro (Elicarlos), Lucas Mineiro e Héctor Canteros; Alan Ruschel (Penilla), Túlio de Melo e Wellington Paulista. Técnico: Emerson Cris


ESPN