X
Dólar
Euro
Mon Jul 16 21:06:06 GMT-03:00 2018

Mundo

Partido no poder na África do Sul dá 48 horas para Zuma renunciar, diz TV estatal

2018-02-13 08:25:00.0

O partido Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês) deu um prazo de 48 horas para o presidente Jacob Zuma renunciar, segundo informa nesta segunda-feira (12) a TV estatal da África do Sul, a SABC, citando fontes. De acordo com a TV, o partido também decidiu que irá tirar Zuma do poder caso ele não renuncie.

O Conselho Nacional Executivo (NEC, órgão do ANC) esteve reunido nesta segunda por mais de 13 horas. Segundo reportou a SABC, antes de a reunião terminar, o novo líder do ANC, Cyril Ramaphosa, saiu do hotel em que era realizado o encontro e foi aos escritórios de Zuma para informá-lo sobre a decisão do partido.

O ANC passa por uma crise política gerada pelas negociações sobre a saída do presidente sul-africano da liderança do partido, anunciada em dezembro.

O partido, que venceu todas as eleições presidenciais desde o início do período democrático em 1994, elegeu o vice-presidente do país, Cyril Ramaphosa, para substituir Zuma em sua liderança.

As regras internas do partido estabelecem que todos os membros da sigla, incluindo os cargos eleitos, devem submeter-se à vontade dele; no entanto, se Zuma se negar a deixar seu cargo, a única via possível seria uma moção de censura parlamentar.

Ramaphosa realiza há vários dias negociações diretas com o presidente Zuma para discutir a "transição" política. Na última quinta-feira, o ANC prometeu que ia chegar a uma conclusão "iminente" destas negociações, mas dois dias depois acabou pedindo paciência.

De acordo com a agência Efe, Zuma é alvo de várias acusações, incluindo quase 800 por corrupção relativa a contratos de armas do final dos anos 1990 ou às investigações por ter usado o Estado para favorecer empresários vinculados com concessões públicas milionárias.

G1

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.