X
Dólar
Euro
Mon May 21 19:32:15 GMT-03:00 2018

Política

PT e PSOL aderem à 'vaquinha virtual' para arrecadar doações de campanha na PB

2018-05-15 18:50:00.0

O Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) anunciaram que seus pré-candidatos devem aderir à ‘vaquinha virtual’ para arrecadar recursos para a campanha eleitoral.

O presidente do PT, Jackson Macedo, afirmou que os postulantes da legenda a cargos eletivos já foram orientados sobre a nova modalidade de arrecadação.

“O PT consegue, com a força que tem na militância e na sua base partidária, sempre ter um bom desempenho nessas vaquinhas. Nas eleições, nós já fizemos uma reunião com nossos pré-candidatos, orientamos todos eles a construir essa possibilidade, e com certeza, o PT vai usar mecanismo para arrecadação nas eleições desse ano”, disse.

O presidente do PSOL e pré-candidato a governador, Tárcio Teixeira, destacou que a ‘vaquinha virtual’ deve aproximar o candidato do eleitor e defendeu o financiamento de campanha por pessoa física.

“A gente escolheu esse caminho por entender que é uma forma de nos aproximar do eleitorado. Os escândalos de corrupção que estão pautados no país têm relação com doações privadas de campanha e o PSOL é o único partido que seus representantes no Congresso Nacional não têm envolvimento”, falou.

A doação de dinheiro de pessoas físicas para pré-candidatos na eleição deste ano por meio da modalidade "crowdfunding" - nome que se dá ao financiamento coletivo captado por meio da internet - estará liberada a partir desta terça-feira (15).

A novidade foi legalizada no ano passado, na minirreforma eleitoral aprovada pelo Congresso e surgiu na esteira da proibição, em 2015, das doações empresariais para os políticos.

O objetivo é não apenas suprir financeiramente as campanhas, mas promover maior participação e engajamento dos eleitores na campanha.

Esse tipo de doação só será possível por meio de empresas/sites autorizados pelo Tribunal Superior Eleitoral.



Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.