X
Dólar
Euro
Thu Jan 24 03:59:15 BRT 2019

Política

Após decisão do STJ, Berg volta a ser prefeito de Bayeux em 2018

2018-12-13 14:39:00.0

Nesta quinta-feira (13), o advogado de Berg Lima (sem partido), Carlos Vieira Filho, informou que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, por unanimidade, que o prefeito eleito de Bayeux voltará ao cargo. 

Outro advogado do caso, Inácio Queiroz, participou ao vivo do programa de rádio Arapuan Verdade. Na oportunidade, o jurista afirmou que sua equipe conseguiu um habeas corpus para Berg e que a pauta do STJ foi antecipara para hoje, quando foi realizada a última reunião do ano.

“Há um excesso de prazo da cautelar que mantinha esse afastamento e ele está prestes a ser absolvido. O ministro verificou essa informação e que não havia motivos para mantê-lo fora do cargo”, declarou.

O caso agora deve ser encaminhado para o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e o advogado mostra confiança: “a tendência é termos um resultado positivo novamente, no mais tarda, até amanhã”. De acordo com sua assessoria, o político deve entrar em 2019 já como prefeito.

Entenda - Eleito em 2016, Berg foi preso em uma operação do Ministério Público (MP), em julho de 2017, após ter sido flagrado em vídeo negociando propina com um empresário que tinha dinheiro a receber da gestão anterior por serviços prestados. 

Segundo as investigações, Berg condicionou o pagamento da dívida ao recebimento de R$ 11,5 mil. No vídeo, divulgado pelo MP, ele aparece recebendo R$ 4.000 -- o restante já teria sido pago. No mesmo dia da prisão, ele foi afastado do cargo de prefeito. Assumiu o vice-prefeito, Luiz Antônio de Miranda Alvino (PSDB), interinamente.

A liberdade de Berg Lima veio por meio de um habeas corpus, quatro meses depois. Mas ele continuou afastado da prefeitura.


Yves Feitosa

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.

Notícias Relacionadas