X
Dólar
Euro
Thu Jan 24 04:03:55 BRT 2019

Saúde

Rede de Cardiologia Pediátrica da Paraíba conquista o prêmio ODS Brasil

2018-12-14 06:09:00.0

A Paraíba conquistou o Prêmio Nacional para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS Brasil 2018), na categoria Governo, com o projeto da Rede de Cardiologia Pediátrica da Paraíba, que foi classificado entre as três melhores práticas de desenvolvimento sustentável, após concorrer com mais de mil projetos do país inteiro. O governador Ricardo Coutinho e a secretária estadual de Saúde, Claudia Veras, receberam o prêmio, na tarde desta quinta-feira (13), durante solenidade no Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença do ministro chefe da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha, ministro substituto da Presidência da República, Carlos Henrique Sobral, entre outras autoridades federais e uma representação da Organização das Nações Unidas (ONU) e outras representações diplomáticas.

“Isso demonstra o caminho que a Paraíba está fazendo absolutamente diferenciado, não só em relação à sua própria história, mas também em relação aos demais estados do Brasil. Eu ressalto não só a importância desse projeto, mas de muitos outros que estão servindo para mudar a história e o perfil social da Paraíba que o nosso governo está implantando”, destacou o governador Ricardo Coutinho, logo após receber o prêmio conquistado na terceira colocação.

Ele ressaltou ainda que a Paraíba concorreu com mais de mil outros projetos inscritos no país inteiro, observando que dos 12 projetos finalistas – após seleção entre 39 projetos –, dois pertenciam a programas do Governo do Estado da Paraíba. Além da Rede de Cardiologia Pediátrica, o programa Paraíba Unida pela Paz também chegou à fase final, e embora não tenha conquistado a premiação, o governador Ricardo Coutinho enfatizou que este vem recebendo o reconhecimento do Brasil inteiro pela redução dos indicadores de criminalidade em nosso Estado ao longo dos últimos oito anos.

"Estamos muito felizes com o reconhecimento do trabalho que iniciou em 2011, ou seja, durante os sete anos de convênio entre a Secretaria de Estado da Paraíba (SES) e a ONG Círculo do Coração, e mudou a realidade das crianças cardiopatas na Paraíba", disse a secretária de Estado da Saúde, Claudia Veras.

Rede de Cardiologia Pediátrica – A prática desenvolvida pela Rede de Cardiologia Pediátrica tem a capacidade de unir tecnologias avançadas de telemedicina com medidas simples para proporcionar melhorias, simultaneamente, em diferentes níveis dentro do sistema de saúde, por meio da metodologia Legos (Liderar para Empoderar Grupos para Otimizar Soluções), que, ao invés de se concentrar em uma solução pré-definida ou objetivo, visa alcançar resultados diferentes, com base nas expectativas e habilidades de cada grupo de trabalho. É plástico e mais dinâmico do que as abordagens convencionais, levando a uma melhor interação entre os membros da equipe.

Ao longo dos anos de prática dessa metodologia, a Rede de Cardiologia Pediátrica desenvolveu muitas ações na Paraíba, a exemplo das Caravanas do Coração, as Salas do Coração e os Eco-Táxis. É um método flexível, capaz de responder às necessidades da população e do sistema de saúde, de maneira que possibilita gerar novos programas e expandir possibilidades que melhoram a qualidade de vida da população, especialmente quando se fala de crianças portadoras de doenças cardíacas, além de famílias e crianças com microcefalia.

A iniciativa de mudar a realidade das crianças com doença cardíaca na Paraíba veio do Governo do Estado. Para atingir este objetivo, foi estabelecida uma parceria com a organização não governamental CirCor.

Em sete anos, a ação já atendeu 221.934 crianças e um total de 1.340 cirurgias. Além da cardiopatia infantil, desde 2017, a Rede funciona também com atenção à microcefalia e à saúde materna.

ODS Brasil – A premiação é uma iniciativa do Governo Federal que incentiva, valoriza e dá visibilidade às práticas desenvolvidas pelos governos estaduais, municipais, Distrito Federal e pela sociedade civil que contribuam para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no território brasileiro. Esta é a primeira edição do Prêmio ODS Brasil e teve mais de mil práticas inscritas de todos os Estados do país.

A intenção da premiação é contribuir para a formação de um “banco de práticas” que servirá de referência para a implementação e a disseminação da Agenda 2030 (projetos sociais, ambientais, econômicos e institucionais).

Secom-PB

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.