X
Dólar
Euro
Sat Mar 23 21:43:19 GMT-03:00 2019

Cultura e Diversão

Cantora Nathalia Belllar lançará “Catavento”, o primeiro disco de sua carreira

2019-03-14 15:50:00.0
Foto: Divulgação
O novo projeto da cantora e compositora paraibana, ex-integrante do programa The Voice Brasil (Rede Globo), Nathalia Bellar, promete emocionar. Intitulado “Catavento”, o primeiro álbum da artista representa uma nova fase na sua trajetória profissional e convida o público para um momento de imersão nos complexos ciclos da vida e na importância de cada um deles. “Em toda a minha carreira, tive a oportunidade de ouvir e interpretar canções fortes da música brasileira. Penso que todas elas me preparavam para esse momento, em que eu desaguaria no meu trabalho autoral, carregando com maturidade minha mensagem para o mundo. Há cerca de cinco anos, durante o processo de estudos para escolher meu novo repertório, ganhei do compositor paraibano Chico Limeira uma música chamada “Catavento”, que veio, mais tarde, a se tornar a síntese maior desse novo trabalho”, conta a cantora, que homenageou o momento dando o mesmo nome ao disco. 


O novo álbum da cantora, produzido no Rio de Janeiro e em João Pessoa, será lançado no segundo semestre de 2019. Músicas como “Samba Canção”, parceria com o compositor pernambucano Tino, vocalista da banda Flotilha em Alta-terra, e “Na Morada”, em parceria com o paraibano Guga Limeira, fazem parte do repertório do álbum, que traz também releituras de grandes compositores com a produção e arranjos de Rodrigo Campello, consagrado por trabalhos como o de Roberta Sá, e coprodução/arranjos de Jader Finamore, produtor paulista com grandes trabalhos na Paraíba. “Catavento é um convite ao mergulho íntimo e pessoal, com letras que exaltam as relações e inquietações humanas, como o amor e suas dores, as desilusões e alegrias e os protestos contra as convenções sociais, tão atemporais e legítimos, na busca pela igualdade”, detalha a artista. No setlist, participações especiais do genial Chico César e do Quinteto Uirapuru.


Catavento - O álbum faz uma síntese da nova fase da carreira da cantora paraibana, unindo a força da ancestralidade nordestina com a suavidade moderna da música brasileira contemporânea. “Este processo de imersão na música paraibana foi o ponta pé inicial para o amadurecimento do meu trabalho. Eu sou uma compositora em exercício. Aprecio parcerias, divido canções. Mas na essência, eu me visto. Gosto muito da interpretação. E encontrei, aqui mesmo na minha terra natal, compositores que proporcionaram um verdadeiro banquete de lindas canções”, conta Nathalia. “Foi a partir daí que comecei a me dedicar a um trabalho com a minha identidade, minha impressão digital, minha cara, meu DNA; que comunica o que eu quero transmitir de um jeito novo”, explica.

Com arranjos modernos, fortes e com influência POP, o CD consegue resumir o que há de mais intenso nas fases da nossa vida, os amores, os desamores, os encontros e a realidade. Nathalia conta que a maior mensagem do álbum é a força da energia que está dentro de cada um. 


“Assim como o catavento, nós possuímos essa força que gera energia. Meu desejo é que este disco seja inspiração para que todos possam aprender sobre a importância da transitoriedade. Que sejamos cataventos dispostos a girar com a intensidade que cada fase nos pede. Todo e qualquer processo precisa ser vivido com muita entrega”, explica a cantora. “Nós somos seres cíclicos e cheios de pluralidade. “Catavento” tem um pouquinho de tudo isso, é um disco plural”, afirma.
Para acompanhar as novidades do projeto, os fãs da cantora podem visitar o site oficial, www.nathaliabellar.com, o perfil no Instagram, @nathaliabellar ou a Fanpage.


Sobre Nathalia Bellar - Cantora e compositora paraibana, Nathalia Bellar nasceu em João Pessoa e começou a se apaixonar pela música aos 15 anos, quando ganhou seu primeiro violão. Participou de grupos escolares e religiosos. Anos depois entrou para o teatro, onde iniciou a carreira artística. A estreia como cantora aconteceu aos 21 anos, quando também iniciou sua trajetória musical na noite e começou a ser reconhecida em outras cidades do Brasil, tendo a oportunidade de dividir o palco com artistas consagrados, como Daniela Mercury, Dani Black, Cátia de França e Tunai.

Em 2012, a canção “Pra durar” marcou o primeiro desafio da artista como compositora e foi selecionada para compor a coletânea em disco da Mostra Sesc de Música Paraibana, importante projeto voltado para os novos compositores. A partir deste trabalho, Nathalia encantou-se pelo samba, gênero que a levou a idealizar seus primeiros shows em palcos maiores.


Entre 2015 e 2016, a cantora lançou dois projetos importantes contemplando seu lado intérprete e homenageando grandes cantoras da música popular brasileira, como o show “Elis Vive! ”, uma homenagem à obra de Elis Regina, e o show “Dona do Dom”, tributo a Maria Bethânia. Em 2016, criou o projeto “Crua”. Uma série de web clipes realizados de maneira simples, orgânica e original, com versões de canções consagradas e parcerias suas com outros compositores.

Em 2017, Nathalia participou do The Voice Brasil, na rede Globo, no time do cantor e compositor Lulu Santos, encantando o Brasil com sua voz que mistura força e suavidade, com uma interpretação visceral e vibrante. Depois disso, lançou a segunda canção autoral. O single “Estranho Mundo” ganhou as plataformas digitais e conquistou o público fiel da cantora. O ano de 2018 foi de preparação e imersão para a produção do “Catavento”, seu primeiro disco de carreira.

Assessoria

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.