X

Dólar
Euro
24 de May de 2019

Paraíba

Municípios paraibanos realizam neste sábado o dia 'D' de vacinação contra a Gripe

03/05/2019 | 17h43min

Os 223 municípios paraibanos realizam neste sábado (4) o dia "D" de vacinação contra a gripe. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa está disponibilizando sete postos móveis, além das 100 Unidades de Saúde da Família, Policlínicas Municipais e o Centro Municipal de Imunização (CMI). Os postos móveis estarão abertos das 9h às 17h e os demais serviços a partir das 8h às 17h para vacinar todos os grupos de risco da campanha. A campanha será aberta em um evento realizado na Praça Cristo Rei, bairro de Mangabeira, a partir das 9h.

Na Capital, a campanha segue até o dia 31 de maio, com a meta de vacinar 90% dos grupos de risco, o que representa 211.566 pessoas e, assim, garantir uma proteção para a população. A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (Influenza A/H1N1; Influenza A/H3N2 e Influenza B). Na ocasião, será realizada a atualização da caderneta vacinal de crianças e gestantes.

“Estamos com uma estratégia para garantir que todos os grupos sejam imunizados. É importante que a população realmente participe desse movimento de proteção, para criarmos um bloqueio e evitar o adoecimento”, explicou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da SMS.  “Durante todo esse mês estaremos reforçando as equipes e, além da vacinação da gripe, os profissionais de saúde estarão atualizando o cartão de vacina das crianças e gestantes”, completou.

Na Paraíba, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Imunização,  vai realizar o dia "D" na cidade de Itabaiana. O evento será na Praça Epitácio Pessoa, centro da cidade, a partir das 8h30. A campanha começou no dia 10 de abril e vai até o próximo dia 31 de maio.

Além da vacina contra a Influenza para os grupos prioritários, a população poderá atualizar a caderneta de vacinação. No local, haverá a apresentação da Quadrilha dos Idosos de Itabaiana, do Grupo Folclórico de Juripiranga e terá um espaço dedicado às crianças com pula-pula, algodão doce e a presença do Zé Gotinha.

A vacinação é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. O objetivo da campanha é vacinar o maior número de pessoas para reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação. A meta é que a cobertura seja de, pelo menos, 90% do público alvo, o que corresponde a 1.185.599 pessoas. Até o momento, no Estado, foram vacinadas 198.478 pessoas, o que corresponde a 16,74% dos grupos prioritários.

 



O município de Itabaiana tem uma população de 7.294 público alvo para a campanha da influenza, o que motivou a escolha para realizar a abertura da campanha 2019. “Itabaiana foi a escolhida para realizar a abertura do Dia D porque o município vem atingindo a cobertura vacinal ao longo dos anos, tendo assim o reconhecimento pela Secretaria de Estado da Saúde. Em 2017, a cobertura foi de 102,23%. Já ano passado, foi de 95,40%”, explica a secretária executiva da Saúde, Renata Nóbrega.

A SES recomenda aos municípios que todos os postos de vacinação estejam abertos com oferta da vacina. A ação, na Paraíba, irá contar com 1.523 mil pontos de vacinação e envolvimento de 7.388 pessoas.

 



Grupos prioritários - Além dos indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças na faixa etária de seis meses a menores de seis anos de idade (cinco anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores de saúde, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, professores de escolas públicas e privadas e policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das forças armadas.

 


Situação epidemiológica – Em 2018, foram notificados 344 casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Destes, 273 foram descartados, 21 foram confirmados para H1N1, 11 para AH3, 2 para outros vírus respiratórios e 9 para sincial respiratório. Foram confirmados 19 óbitos por SRAG. Em 2019, foram notificados 92 casos suspeitos de SRAG. Destes, 37 foram descartados, 2 foram confirmados para H1N1 com 1 óbito e 14 foram confirmados para outros vírus com 2 óbitos.

 

Redação

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.