X

Dólar
Euro
27 de May de 2019

Política

Câmara aprova aplauso a ato contra cortes na Educação; Eliza vota contra

14/05/2019 | 10h43min

A vereadora Eliza Virgínia (PP) foi a única que se posicionou contra o voto de aplauso ao ato contra os cortes na Educação que acontece em João pessoa neste dia 15. A Câmara aprovou o requerimento apresentado pela vereadora Sandra Marrocos (PSB) propondo a apresentação de um Voto de Aplauso às entidades que promovem o evento denominado "15M em Defesa das Instituições Federais - Rumo a Greve Geral de 14 de junho". 

Eliza afirmou que votou contra, pois, segundo ela, os cortes nas universidades não chegam a 8% e afirmou que os "governos de esquerda cortaram muito", além de alegar que o governo da Paraíba também "retirou muita verba da UEPB e ninguém protestou", disse, ignorando as greves e atos recorrentes contra cortes na Educação e por mais investimento, além apontar dados que não correspondem aos apresentados pela reitoria da UFPB.

Sandra Marrocos reclamou dos cortes e citou dados fornecidos em nota pela reitora da Universidade Federal da Paraíba, Margareth Diniz. O documento oficial aponta que o Ministério da Educação bloqueou R$ 44.742.865,00 de recursos de custeio e capital, correspondendo a 30% dos recursos previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2019. A reitora informou ainda que antes do anúncio deste corte, a UFPB já trabalhava com orçamento inferior às suas necessidades.

“Esta intervenção afetará 45,5% na ação responsável pelo funcionamento cotidiano da universidade. Além disso, foram bloqueados R$ 5.645.537,00 de recursos de capital, chegando a 32,75% de corte total, o que afeta também o Hospital Veterinário, a Escola Técnica de Saúde e o Colégio Agrícola Vidal de Negreiros.

O ato – Nesta quarta-feira, 15, os estudantes de várias universidades pelo Brasil vão paralisar suas atividades e ir às ruas contra as medidas do governo Bolsonaro de cortar 30% dos recursos de todos os institutos e universidades federais. Entidades de educação, como a União Nacional dos Estudantes (UNE), secundaristas e universitários de todo país estão ajudando a convocar atos em pelo menos 24 estados brasileiros no Dia Nacional em Defesa da Educação, neste 15 de maio.

Em João Pessoa, a concentração será às 9 horas em frente ao Liceu Paraibano.


Redação com informações do Parlamento PB

Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.