X

Dólar
Euro
27 de May de 2019

Esportes

Botafogo-PB empata com o Santa Cruz e continua sem vencer na Série C

14/05/2019 | 06h54min
Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Buscando a primeira vitória no Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo-PB recebeu o Santa Cruz no estádio Almeidão, em João Pessoa, pela terceira rodada da competição. Depois de sair atrás no placar logo no início do jogo, Felipe Alves fez seu primeiro gol pelo Belo e deixou o jogo empatado em 1 a 1, resultado que seria mantido até o apito final.

Sem contar com Marcos Aurélio e Nando, machucados, Evaristo Piza preferiu colocar Felipe Alves na referência de ataque para ficar com mais mobilidade, já que imaginaria que Leston Júnior viria jogar e maneira mais cautelosa.

A primeira chance perigosa foi do time visitante. Augusto avançou pela esquerda em velocidade e tocou para Pipico, que, no meio da área, fez o pivô e rolou para Misael, que chegou batendo de canhota e assustou Saulo, mas a bola foi por cima da meta.

Atrapalhado no início de jogo, o Belo vacilou aos 5 minutos. Rogério e Lula se confundiram na saída, e a bola sobrou para Pipico, que foi derrubado pelo zagueiro dentro da área. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança o próprio Pipico foi para a pelota e mandou no lado direito de Saulo, que pulou para o outro, e abriu o placar do jogo.

Mas a reação botafoguense não demorou muito. Aos 17, Israel cruzou da direita, William Alves furou na hora de cortar, e a bola sobrou para Felipe Alves, que da marca do pênalti mandou no canto esquerdo de Anderson e empatou tudo no Almeidão.

Por muito pouco a virada não saiu aos 25. Depois de muito rodar a bola, o meio campo do Belo encontrou Juninho, que deu um passe excelente para Clayton, que recebeu na meia lua, invadiu a área e ficou cara a cara com o arqueiro tricolor, que conseguiu fazer a defesa.

Cinco minutos mais tarde, em cobrança de falta na linha da grande área, sem Marcos Aurélio, Lula surpreendeu todo mundo e encheu o pé, mas o goleiro pernambucano, no reflexo, evitou a virada.

Com mais posse de bola, o Botafogo-PB não tinha a afobação de costume contra defesas mais fechadas, e buscava espaços com paciência. Israel, pela direita, era sempre uma boa opção. Mas apresentava a falta de pontaria nos cruzamentos.

Segundo tempo

Depois do intervalo as duas equipes voltaram modificadas, e o Botafogo-PB acelerava o ritmo enquanto o Santa Cruz buscava neutralizar os ataques, mas não conseguia se arriscar na frente no pouco tempo em que ficava com a bola.

Em uma jogada individual de Clayton, aos 19, o meia recebeu pela esquerda, driblou para o meio e chutou cruzado. A bola passou tirando tinta do poste esquerdo de Anderson.

Visivelmente cansado, o time botafoguense tinha muita dificuldades de criar, enquanto os pernambucanos se fechavam para segurar o empate, que aparentava ser um bom resultado.

O 0 x 0 deixou as duas equipes ainda sem vencer no torneio. O Botafogo-PB chegou aos 3 pontos e permanece na nona colocação, enquanto o Santa fica com 2, na lanterna. No domingo (19), o Belo visita o ABC-RN, em Natal. Já a Cobra Coral recebe o Sampaio Corrêa-MA, no sábado (18). Informações do Voz da Torcida.

Ficha técnica

Botafogo-PB 1 x 1 Santa Cruz

Campeonato Brasileiro da Série C (Grupo A – 3ª rodada)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Wanderson Alves de Sousa (MG); Leonardo Henrique Pereira (MG) e Breno Rodrigues (MG)

Cartões amarelos: Clayton, Rogério, Juninho, Dico (B); Charles, Augusto, João Vitor, William Alves, Allan Dias (S)
Cartão vermelho: Allan Dias (S)
Gols: Felipe Alves (B); Pipico (S)

Botafogo-PB: Saulo, Israel, Lula, Donato, Fábio Alves (Charles); Rogério, Juninho, Marcos Vinicius (Enercino), Clayton; Dico e Felipe Alves (Hiago). Técnico: Evaristo Piza.

Santa Cruz: Anderson Marcos Martins, João Vitor, Willian Alves, Bruno Ré; Charles (Allan Dias), Diego Lorenzi, Everton; Augusto (Carlos Renato), Misael (Guilherme Queiroz) e Pipico. Técnico: Leston Júnior.


Você também pode enviar informações à redação do portal paraiba.com.br pelo whatsapp 83 98149 3906.